Filtros

  1. P
  2. Rosa
  3. Best Club
Conjunto Bebê Menina

Não há produtos que correspondam à seleção.

FAQ Conjunto Bebê Menina - P - Rosa - Best Club | Loja Era Uma Vez

O conjunto para bebe une versatilidade e conforto - por isso, nós recomendamos que esteja presente em todos os armários infantis. Em linhas gerais, são duas ou mais peças que vêm juntas e assim compõe o look completo de uma vez só. Eles são essenciais por causa da sua praticidade, que é uma das principais característica procurada pelos responsáveis. Outro detalhe que chama a atenção é a economia. Ao optar pelo conjunto de bebê, os pais acabam pagando menos pelas peças quando elas vêm dentro de um kit. Como os pimpolhos crescem rápido, essa é uma boa alternativa para poupar dinheiro.
E já que estamos falando sobre economizar dinheiro, uma boa forma de fazer isso com o conjunto bebe menina é comprando os kits. Aqui na Era Uma Vez, os kits vêm com três lindos conjuntinhos, e o preço é bem mais em conta do que se os responsáveis comprassem essas peças separadamente. O baixo custo não significa queda de qualidade, pelo contrário. São modelos para todos os gostos, com peças feitas 100% de algodão, tecido que não causa reações alérgicas na pele do bebê e serve para todas as estações. Ou seja, é possível unir preço baixo e alta qualidade!
De modo geral, dividimos os conjuntinhos em duas categorias. A primeira são os modelos curtos, compostos por um body de manga curta e um shortinho. Esse tipo de conjunto é ideal para o verão, com tecidos 100% algodão que permitem a melhor transpiração e minimiza os riscos de alergia ou irritações. Já os modelos longos são compostos por um body de manga longa e uma calça. Alguns podem vir com uma manta, pois são peças pensadas para o inverno. O tecido mais comum nesses casos é o plush, que é bastante quentinho e confortável.
Essa dúvida começou a surgir de uns tempos para cá, depois que os pais passaram a questionar um direcionamento até então muito comum: meninos vestem azul e meninas, rosa. Assim, os pais passaram a se sentirem mais confortáveis ampliando as alternativas na hora de vestir os pimpolhos. Quem não tem medo de ousar pode investir em cores mais vivas, como laranja, roxo e vermelho. Já tem até modelos de conjunto meninas em azul! Quem não se sente confortável com essa ideia pode ir aos poucos, com cores mais neutras, como amarelo, branco cinza e preto.
O tamanho do conjunto infantil menina segue uma lógica muito parecida com o das fraldas. Nos primeiros 30 dias de vida da princesinha, ela deve usar body de bebê menino tamanho recém-nascido. A partir daí até os 3 meses, o mais indicado é mudar para o P. Dos 3 aos 6 meses, entra em cena o tamanho M. Dos 6 aos 9, troque para G e, dos 9 meses até o primeiro aninho de vida, o GG vai ser bastante utilizado. É claro que tudo depende do crescimento da menina, mas essa é a visão geral.
Já que estamos no tópico de tamanhos, é importante ampliar e falar desde o P até o 3. Tenha esse guia sempre em mãos para caso surja alguma dúvida! O P serve para a maioria dos bebês entre 1 e 3 meses. Desta idade até os 6 meses, o tamanho M é o mais indicado, enquanto o G costuma servir do 6º mês até o primeiro ano. A partir daí, os papais podem se guiar pelos números 1, 2 e 3, que indicam o tamanho apropriado para cada idade: 1 para um ano, 2 para dois anos, e 3 para três anos.
Na verdade, você deve optar por ambos os tipos de conjuntos. Cada ambiente e ocasião pede um tipo de vestimenta diferente, então é bom estar preparado para todas as opções. Além disso, você pode misturar os conjuntos! Nós falaremos mais sobre isso nos tópicos a seguir, mas podemos adiantar um pouquinho. É sempre bom ter opções no armário da bebê menina e fazer um mix entre os conjuntos básicos e estilosos faz com que as alternativas aumentem. Ou seja, parece que a menina tem mais roupinha do que de fato tem. Isso é uma super ajuda na hora de economizar!
Saber diferenciar os tecidos é de extrema importância para garantir o conforto e bem-estar das princesinhas. Na maior parte do tempo, os modelos feitos 100% de algodão ou suedine são os mais indicados. Afinal, são fresquinhos, permitirem que a menina transpire livremente e reduzem o risco de alergia. Para os dias mais frios, o plush é a opção ideal por se parecer com o moletom e garantir que o pequeno fique quentinho e protegido das baixas temperaturas. Evite a lã, que solta bastante pelo e pode causar irritações.
Não só pode, como deve! Uma das grandes vantagens dos conjuntinhos é que as peças que vem não precisam ser usadas apenas umas com as outras. Você tem toda a liberdade de criar novas combinações e podem fazer isso com outras roupas que já estão no armário. Assim, com poucas peças é possível montar muitos looks variados. A principal dica na hora de fazer as combinações é buscar equilíbrio. Tente mesclar peças lisas com estampadas para deixar o visual mais harmonizado. Se o body for estampado, por exemplo, a calça ou short pode ser mais discreto, e vice-versa.
Saber como higienizar o conjunto bebê menina é essencial por dois motivos. O primeiro é que, assim, evita-se a proliferação de doenças e irritações na pele da criança. Além disso, a limpeza correta dos itens, sejam eles quais forem, prolonga a sua vida útil. De modo geral, a higienização é bem simples. Dê preferência por lavagens à mão, mas, se for colocar na máquina, não misture com a roupa dos adultos. Use apenas produtos neutros para evitar cheiros muito fortes, que podem causar irritação na criança. Por fim, deixe para secar naturalmente em ambientes arejados.